Olá você do lado dai!

Sou a Luciana, mas pode chamar de Lu, 90's baby, blogueira, ilustradora, designer e artesã, viciada em pinterest, café, Harry Potter e BTS. Tem uns textos meus por ai desde 2010.

Leia Também

estou vivendo ou sobrevivendo?

Ando parada no tempo, presa num loop infinito de indecisões. É como se o mundo corresse a minha volta e eu estivesse apenas no meio, estagnada sem saber aonde ir, frustrada e sem forças para continuar. Ando sobrevivendo, já não sei mais o que é viver há muito tempo, sigo numa rotina infinita de um ponto ao outro todos os dias, no mesmo horário, no mesmo direcionamento, não há curvas, não há desvios, há apenas uma linha reta já muito conhecida.

Me sinto sozinha em diferentes sentidos e situações, é como se eu fosse invisível para o mundo, como se eu não existisse, não sou notada, ando sendo apenas empurrada pelas enxurradas da vida. Não busco mais ser enxergada é uma luta cansativa que não me agrada mais, que não me agrega e só me consome mais e mais, estou definhando ou será que já definhei? Ainda sigo sem saber meu lugar nesse mundo, às vezes parece que estou do lado errado que por mais que eu ore e busque uma luz eu sempre entro no caminho errado seguindo para lugar nenhum.

Não há amizades, não há amores, não há quem se preocupe, não há mais nada. Estou apenas sobrevivendo, alimentando sonhos e expectativas que não vou atrás. Sonhos. Eles só acumulam por aqui, deixei de tentar, de correr, de lutar, passou a ser mais fácil apenas dizer o que desejo, pois lá no fundo sinto que não sirvo para nada, que não há mais nada. É um loop sem fim de desespero e frustração, por desejar algo, lutar por algo e ver todos apenas virar o rosto, por ver que aqueles por quem você está sempre ali te viram a cara como se você não existisse mais.

Mal estou aqui por mim, não tenho mais como estar por ninguém.

Parece uma triste realidade, mas é apenas o que tem sido a vida. Sem rumo, sem expectativas, sem luz. Apenas sobrevivendo um dia de cada vez e rezando para que o dia seguinte se faça um pouco melhor.

Comentários

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *