Olá você do lado dai!

Sou a Luciana, mas pode chamar de Lu, 90's baby, blogueira, ilustradora, designer e artesã, viciada em pinterest, café, Harry Potter e BTS. Tem uns textos meus por ai desde 2010.

Leia Também

entre mudanças e novas rotinas

Me mudei recentemente. Depois de quase seis anos morando no centro perto de tudo - inclusive do meu trabalho ao qual eu ia a pé, me mudei para um bairro mais afastado dependendo de ônibus para me locomover. Isso não é ruim, acredite, não estou reclamando, mas não foi uma semana muito calma até eu me adaptar a tudo, porém vamos do começo.

Estava bem empolgada pela mudança em si, todavia depois de tudo não sei ao certo o que senti em relação a ela. Me mudei em um sábado, depois de uma semana de sol escaldante resolveu chover e adivinhem? Isso mesmo choveu na hora da minha mudança, as coisas estavam todas para fora e molhou muita coisa, quase se foi minha coleção de Harry Potter - rindo de nervoso. A arrumação passou e eu sofri calada salvando o que dava e tudo seguia bem até o dia de voltar para o trabalho e pegar a condução.

Para ir não é problema, é fácil e o ponto é bem próximo a minha casa o problema mesmo veio na volta do trabalho. No primeiro dia eu perdi a deixa e desci um ponto depois do meu - o que só descobri recentemente - fiquei cerca de meia hora andando em zig zag com o maps até conseguir chegar em casa, veja bem eu não me dou com o google maps acho muito confuso, mas eu tento não é mesmo? No segundo dia estava chovendo, e muito, resolvi tentar usar o maps e fui contando os pontos, resultado? Contei errado e fui parar em outro bairro completamente desconhecido por mim a noite e no meio de uma chuva torrencial. Caminhei por uma hora debaixo de chuva de um bairro ao outro até chegar em casa, tentei me manter plena, mas acabei me estabancando no chão faltando uma quadra para chegar na minha humilde casinha, acho que nunca tomei tanta chuva igual naquele dia.

No terceiro dia esqueci a masca de manhã e faltando um minuto para o ônibus passar me lembrei dela, tive que voltar para casa e como ainda não havia tirado cópia das chaves fiquei cerca de quinze minutos gritando a minha irmã, o que não resolveu de nada tive pular o portão as sete e meia da manhã para bater na porta e depois ir de uber para o trabalho. No final do dia - como uma ressureição - eu acertei o ponto e deu tudo certo. Já no final da semana meu corpo estava pedindo pelo amor de Deus por um descanso, ainda bem que segunda foi feriado e emendei tudo para descansar.

É aqui que entra as novas rotinas.

Estou acordando bem mais cedo do que era acostumada e chegando bem depois do horário, sinto que meu corpo e minha mente ainda não se adaptaram a isso o que resulta em uma Luciana sem fazer nada durante a semana, sério ainda não consegui voltar a nenhum projeto e trabalho, está tudo parado e isso tem me consumido pois fico remoendo na mente tudo que deveria estar fazendo. Tenho planos de voltar com o @studiosnamu em 2022 e já deveria ter começado a coleção de lançamento, mas o cansaço tem falado mais alto, fora as ilustras para o @ilustralune que estão todas paradas.

A unica coisa que tenho feito é ser um pouco mais frequente aqui e no pinterest, fora que tenho tirado bastante fotos e feito reels lá para o @quartodiagonal, tenho lido mais tambem, o final de semana está chegando e espero muito colocar tudo no lugar e voltar com minha rotina, com os projetos e trabalhos, sei que é um processo demorado já que a mudança foi bem grande, porém me sinto frustrada por ceder tanto ao cansaço, espero de verdade que tudo se encaixe logo.

Comentários

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *